Centro de aprendizado

A CaliAura tem o compromisso de fornecer informações precisas de fontes confiáveis. A informação é obtida através das agências de saúde do governo dos Estados Unidos, incluindo a Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA), o Departamento de Suplementos Dietéticos do Instituto Nacional de Saúde (ODS) e o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). As informações fornecidas nesta página provêm de fontes que não se beneficiam com a venda de suplementos dietéticos.

O que é um suplemento dietético?

De acordo com o Departamento dos Suplementos Dietéticos do Instituto Nacional de Saúde, um suplemento dietético é um produto que:

  • Destina-se a complementar a dieta;
  • Contém um ou mais ingredientes dietéticos (incluindo vitaminas, minerais, ervas ou outros produtos botânicos, aminoácidos e outras substâncias) ou seus constituintes;
  • Destina-se a ser tomado por via oral na forma de pílula, cápsula, comprimido ou líquido; e
  • é rotulado no painel frontal como um suplemento dietético.[1]

[1] https://ods.od.nih.gov/factsheets/ DietarySupplements-HealthProfessional/#h1

Quais são os benefícios dos suplementos dietéticos?

De acordo com a FDA, alguns suplementos podem ajudar a garantir que você obtenha o suficiente das substâncias vitais que o corpo precisa para funcionar;

Outros podem ajudar a reduzir o risco de uma doença. Mas os suplementos não devem substituir refeições completas que são necessárias para uma dieta saudável – então, certifique-se que você também está alimentar-se de uma variedade de alimentos.

Ao contrário dos medicamentos, os suplementos não se destinam a tratar, diagnosticar, prevenir ou curar doenças. Isso significa que os suplementos não devem fazer alegações sobre como “reduzir a dor” ou “tratar doenças cardíacas”. Alegações como estas só são legítimas tratando-se de medicamentos e não suplementos dietéticos.

Existe algum risco em tomar suplementos?

Sim. Muitos suplementos contem ingredientes ativos que provocam fortes efeitos biológicos no corpo. Isso poderia torná-los inseguros em algumas situações e prejudicar a sua saúde. Por exemplo, as seguintes ações podem levar a consequências nocivas – até mesmo, com risco de vida.

  • Combinando suplementos
  • Combinar suplementos com medicamentos (prescritos ou não por um médico)
  • Substituir suplementos por medicamentos prescritos por médicos
  • Tomar muitos suplementos, como vitamina A, vitamina D, ou ferro

Alguns suplementos também podem ter efeitos indesejados antes, durante e após a cirurgia. Portanto, não se esqueça de informar o seu médico, incluindo o farmacêutico, sobre quaisquer suplementos que você esteja a tomar.

Quem é responsável pela segurança dos suplementos dietéticos?

Os fabricantes e distribuidores de suplementos dietéticos são responsáveis por garantir que os seus produtos estejam seguros antes de serem comercializados

Os fabricantes são obrigados a produzir suplementos dietéticos garantindo a sua qualidade, certificando-se de que os seus produtos não contenham contaminantes ou impurezas e sejam rotulados com precisão de acordo com as Boas Práticas de Fabricação (cGMP) e os regulamentos de rotulagem.

Se um problema sério associado a um suplemento dietético ocorrer, os fabricantes devem comunica-lo ao FDA como um evento adverso. O FDA pode retirar os suplementos dietéticos do mercado uma vez comprovado que não são seguros ou que forneceram informações falsas e enganosas sobre os produtos.

A FDA não está autorizada a conferir a segurança nem a eficácia dos suplementos dietéticos antes de serem comercializados.

Como posso saber mais sobre o suplemento dietético que estou a tomar?

Os rótulos de suplementos dietéticos devem incluir informações do nome e localização do fabricante ou distribuidor.

Se você quiser saber mais sobre o produto que você está a tomar, consulte o fabricante ou o distribuidor sobre:

  • Informações que apoiem as informações que o produto fornece.
  • Informações sobre a segurança e eficácia dos ingredientes no produto. [2]

[2] https://www.fda.gov/Food/DietarySupplements/ UsingDietarySupplements/ ucm109760.htm

Você está a considerar tomar suplementos vitamínicos ou minerais? Acha que precisa deles? Ou, pensa que já que não são prejudiciais, deve tomá-los? Aqui estão algumas perguntas que deve fazer antes de tomar a sua decisão.

1. 1. Eu realmente preciso deles?

Em primeiro lugar, as necessidades nutricionais devem ser atendidas através da ingestão de uma variedade de alimentos. Em alguns casos, suplementos vitamínicos/minerais ou alimentos fortificados podem ser úteis para fornecer nutrientes quando são consumidos em quantidades menores do que as recomendadas. Se você já está a ingerir a quantidade recomendada de um nutriente, pode não obter benefício adicional algum para a sua saúde ao tomar um suplemento. Em alguns casos, ao contrário, suplementos e alimentos fortificados podem fazer com que você exceda os níveis seguros de ingestão de nutrientes.

(Atentem que os alimentos fortificados são aqueles aos quais um ou mais nutrientes essenciais foram adicionados para aumentar seu valor nutricional.)

As diretrizes dietéticas para os americanos fazem essas recomendações para certos grupos de pessoas:

  • Pessoas com mais de 50 anos devem ingerir vitamina B12, ou seja, de alimentos fortificados (como alguns cereais fortificados comuns no café da manhã) ou como suplemento.

(Observe que os adultos mais velhos muitas vezes tem uma capacidade reduzida de absorver a vitamina B12 dos alimentos. No entanto, a vitamina B12, o tipo de vitamina B12 usada em suplementos e em alimentos fortificados, é mais facilmente absorvida.)

  • Os adultos mais velhos, as pessoas com pele escura e as pessoas cuja exposição à luz solar é insuficiente devem consumir vitamina D extra provenientes de alimentos e/ou suplementos fortificados com vitamina D

É importante notar que os suplementos vitamínicos/minerais não são um substituto para uma dieta saudável. Lembre-se que, além de vitaminas e minerais, os alimentos também contêm centenas de substâncias que podem ajudar a proteger sua saúde.

Aqui estão algumas

2. Devo falar com o meu médico sobre tomar suplementos vitamínicos / minerais?

Se é uma pessoa que já está a tomar suplementos dietéticos, deve informar o seu médico. Pesquisas mostram que muitas pessoas não informam os seus médicos que estão a tomar um suplemento dietético ou que estão a considerar tomar algum. Pode pensar que os efeitos colaterais ocorrem somente quando se trata do uso de medicamentos prescritos, mas alguns suplementos dietéticos também podem causar efeitos colaterais se combinados com outros medicamentos ou se você apresentar alguma condição específica de saúde. Mesmo que você não faça uso de nenhum tipo de medicação nem tenha nenhum problema de saúde crónico, a escolha por um suplemento dietético errado ou usado na quantidade errada, pode causar problemas. Verifique com o seu médico antes de tomar um suplemento dietético.

 3. Onde posso encontrar informações científicas sólidas sobre suplementos vitamínicos / minerais?

O seu médico é um bom lugar para começar. Além disso, os farmacêuticos e os nutricionistas também podem ajudá-lo.

O departamento de Suplementos Dietéticos do NIH possui inúmeras folhas de dados sobre Vitaminas e Minerais que fornecem informações científicas de diversas vitaminas e minerais. Elas podem fornecer uma boa base para uma conversa com o seu médico acerca da sua decisão em tomar ou não um suplemento vitamínico / mineral.

O MedlinePlus é outra boa fonte de informação.

AAdministração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) tem uma variedade de artigos e avisos de consumidores para ajudar os consumidores a se informar sobre suplementos dietéticos, incluindo avisos e informações de segurança, rotulagem, informações de avaliação e o papel da FDA na regulação de suplementos dietéticos

Para aqueles interessados em ter acesso diretamente aos estudos científicos acerca de suplementos dietéticos, PubMed é um bom banco de dados para pesquisar.

 4. O que devo fazer se suspeitar que eu possa estar a ter um efeito colateral proveniente de um suplemento dietético?

Primeiro, pare de tomar o suplemento. Em seguida, informe o seu médico ou profissional de saúde. O MedWatch Reporting Program MedWatch Reporting Program também fornece informações sobre como reportar um problema a Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA)

Em resumoverifique com o seu médico ou com um nutricionista se há suplementos vitamínicos ou minerais adequados para você e quais. E lembre-se de que, embora haja circunstâncias em que seja apropriado tomar suplementos vitamínicos / minerais, eles não são um substituto para uma dieta saudável. [3][3] https://www.nutrition.gov/dietary-supplements/questions-ask-taking-vitamin-and-mineral-supplements

 

Nutrição

Construa um estilo de alimentação saudáve

Todas as opções de alimentos e bebidas são importantes – foque na variedade, quantidade e nutrição.

Escolha um estilo alimentação com baixo teor de gordura saturada, sódio e açúcar.

Make small changes to create a healthier eating style.

  • Faça pequenas mudanças para criar um estilo de alimentação mais saudável. Pense em cada MyWin mudança como uma “vitória” pessoal no seu caminho para viver mais saudável. Cada MyWin é uma mudança que você faz para criar o seu estilo de alimentação saudável. Encontre as pequenas vitórias que se enquadrem no seu estilo de vida e comemore como MyWin!
  • Comece com algumas dessas pequenas mudanças.
    • Faça metade do seu prato com frutas e vegetais.
      • Concentre-se em frutas inteiras.
      • Varie os seus vegetais.
    • Faça metade dos seus grãos, grãos integrais.
    • Mude para produtos lácteos com baixo teor de gordura e sem gordura.
    • Varie a sua rotina de proteínas.
    • Coma e beba a quantidade certa para você.

Apoie uma alimentação saudável para todos.

  • Crie situações onde opções saudáveis estejam disponíveis e acessíveis para você e outras pessoas na sua comunidade.
  • Profissionais, políticos, parceiros, indústria, famílias e indivíduos podem ajudar uns aos outros nas suas jornadas a tornar a alimentação saudável, parte de suas vidas.[4]

[4] https://www.choosemyplate.gov/MyPlate